Poesias Românticas

Poesias Românticas

Marcas Maravilhosas

O tempo não pode ser perdido..
Deve ser consolidado em algo.. de sonhos.. de seu!!!!
Um nada completo não existe...
porque no silêncio do seu "eu"
existe a convivência consigo mesmo...
Passamos por luas..
Sol,
Rios,
Montanhas...
Desertos,
Mares, calmos e bravios..
Buscas de tudo...
Uma viagem na nave vida...
O pensamento é um eterno companheiro..
O tempo bom e cruel...
Arrasta-se quando temos dores,
Voa quando a alegria nos invade..
Mas, o tempo..Esse trabalha com a equidade...
Cego e justo!
Cada um traz histórias e tatuagens:
Na alma, na convivência, no ser...
Histórias sem fins,
Com fins, alegres e tristes..
Bravateamos...
Com passagens guardadas em uma portinha
dentro de cada um..
Onde só nós temos acesso e a chave...
E tornam-se base para decisões,
um perfeito sistema de informações,
de como ser ou não fazer..
do que querer ou não querer.....
Mas, essas bagagens , por vezes tão pesadas,
nos conduzem e nos ensinam sermos melhores..
Pesam quando a carregamos, deixando a impressão,
por vezes, que não vamos vencer..
E aliviam, quando conseguimos transportá-las com resignação, dando-nos a certeza da vitória, do superar..
Essa é a vida.. tão buscada e refletida..
Com paradigmas muitos e, com quebras inúmeras..
Correntes que aprisionam...
Ações que libertam...
Páginas de livros escritos por nós mesmos,
autores dessa obra do existir..
Escritas com cores variadas,
Ilustrações tantas..
Inseguranças e convicções..
Deixando a nossa marca,
Deixando no mundo, maravilhosamente,
as nossas digitais.



Alma Gêmea


Um dia, no silêncio da rede,
minha alma encontrou outra,
que divagava, quem sabe
à procura da minha...
só sei que, em pouco tempo,
nossas almas se reconheceram
e descobriram que nunca mais
poderiam se separar...
Pois uma havia sido enviada
à outra como um presente
Um presente divino
Que Deus, em sua infinita
bondade, nos enviou
Posso falar com toda certeza,
que uma alma não vive sem a outra,
são almas irmãs, irmãs de alma,
irmãs de coração , irmãs de LUZ...
Almas gêmeas que tiveram
a felicidade de se encontrar
e se reconhecer...
Te amo, minha alma gêmea,
você é, com certeza o Ser Especial
que ilumina minha vida....


Arrombando teu Coração


Palavras que transmitam sorrisos
Olhar que irradie calor
Como o teu. Suspiros de amor
Ah, é disso que mais preciso

Para vibrar
Sair de mim
Despertar para a vida, enfim
Para amar.

Ir ao encontro do amanhecer pelas ruas
Apagando a noite, tropeçando na lua
Mais feliz do que pássaro em liberdade

Libertar o amor da prisão, do isolamento
Arrombar o teu coração, trancando-o por dentro
Viver contigo ignorando tristeza, solidão e saudade



Nossos encontros


Nossos encontros são fortes ligações
De pura magia, e fortes emoções
Algo único e muito lindo
Que nos toca no íntimo

No fundo da alma
Nos alimentando
No fundo do corpo
Nos saciando

Correr até você é necessidade
Pois só nos teus braços eu mato a saudade
Liberando toda emoção reprimida
Daquela nossa distância tão dolorida

Os teus braços me acolhem
De forma tão carinhosa
E eu penso: este é o homem
que me faz sentir poderosa

Poderosa para fazer tudo
Assim colorirei nosso mundo
Para nos dar toda felicidade
Que espero, dure toda a eternidade



Amar com os olhos


Amar com os olhos, sem nada poder dizer,
Juro! É castigo!
Algo que não combina comigo,
Desse amor não quero sofrer!

O amor tem que ser pra valer.
Ardente feito chama,
Pressupondo contato, cama,
Tudo que nos dê prazer!

É preciso portanto aproximação,
Toque de corpos...bocas...mãos...
Abraços...carinhos...beijos...

Olhar apenas não satisfaz,
Sempre queremos um pouco mais
Para saciar nossas "fomes", nossos desejos!



Perfume de você

Um fascínio misterioso
Sensações nem sei de quê,
É poesia, é doçura,
Nenhum sabor de amargura,
É o perfume de você...

Um enigma a desvendar,
Sua chegada antevê...
Antecipa as delícias
De suas fatais carícias
O perfume de você...

Um mistério que arrebata,
Quando a gente se revê...
Mesmo após remir a chama,
Permanece em nossa cama,
O perfume de você...

Delicado e colorido
Como as flores num buquê,
Companheiro de verdade,
Em presença ou na saudade,
É o perfume de você...

Eternamente, a exalar
O amor que a gente crê...
Inebriante como agora,
Sentirei na vida afora,
O perfume de você!


Eu sei e você sabe...

Não é preciso dizer,
nem esconder,
o que vai por dentro.

Eu sei e você sabe...
E mesmo que se acabe
foi bom este momento.

Não estava em nossos planos.
Cometemos um engano.
E é esse o nosso preço.

Sentir no gosto da paixão
nossa triste condição
de ter que renunciar.

Não é preciso dizer
o quanto isso vai doer.
Eu sei e você sabe...

Esquecidas as esperanças,
viveremos das lembranças,
de tão lindos sentimentos.

Choraremos com razão,
por deixar o coração
se envolver dessa maneira.

Eu sei e você sabe...
que o nosso amor só cabe
em nossa imaginação.

Perfume de você

Um fascínio misterioso
Sensações nem sei de quê,
É poesia, é doçura,
Nenhum sabor de amargura,
É o perfume de você...

Um enigma a desvendar,
Sua chegada antevê...
Antecipa as delícias
De suas fatais carícias
O perfume de você...

Um mistério que arrebata,
Quando a gente se revê...
Mesmo após remir a chama,
Permanece em nossa cama,
O perfume de você...

Delicado e colorido
Como as flores num buquê,
Companheiro de verdade,
Em presença ou na saudade,
É o perfume de você...

Eternamente, a exalar
O amor que a gente crê...
Inebriante como agora,
Sentirei na vida afora,
O perfume de você!


VOCÊ CHEGOU

Sua presença tem sido marcante
em minha vida ultimamente,
tem me deixado mais confiante,
feito-me crescer realmente.

Meu pequeno mundo era triste
até você cruzar meu caminho,
porque tristeza nenhuma resiste
a tanta demonstração de carinho.

Com as tristes marcas da vida,
eu quase não conseguia caminhar,
sentia-me tão pouco querida,
até deixei de sonhar.

Mas um sopro inexplicável do destino,
colocou-me em suas mãos
e o que me parecia desatino
devolveu meu coração.

Percebi a minh'alma brilhar
e no amor voltar a crer...
Senti meu coração sarar,
de novo começar a bater.

Suas palavras vieram carinhosas,
no meu coração alojarem.
Senti-as como pétalas de rosas,
sobre mim, despencarem.

Fez-me sentir uma princesa,
quando de mimos me cobrindo
deu-me esta certeza:
você não estava mentindo.

Em minha vida, assim você entrou,
trazendo consigo a felicidade.
Meu coração finalmente encontrou,
quem me ama de verdade.


EIXA-ME TE AMAR...

Deixa-me tocar em ti
Não irás te arrepender!
Minhas mãos carinhosas
Tocarão com suavidade
Com calma
No mais fundo de tua alma

Tenho tanto para te falar...
Tanto para te dar...
Deixa-me deitar em teu peito
Quero ouvir o teu coração
Tocar tua pele, sentir teu cheiro
Dizer da minha emoção
Por fim à tua solidão

Deixa-me ouvir tua história
Tuas derrotas, vitórias e glórias...
Tudo que te é importante
Fazes parte de minha vida
És parte de mim

Construamos juntos nossa história
Cheia de surpresas emocionantes
Deixa-me te tocar, é meu desejo
Ama-me sem pudor, sem receio
Prova o gosto do meu beijo
Caminhando comigo para sempre....


O Orvalho e a Rosa

Em noites frias, agraciadas pelo luar,
pode-se presenciar a eternidade de um amor.
Num jardim silencioso,
uma rosa aguarda por seu amante.

Amante que vem do céu,
seduzido pelo perfume da rosa,
deixa-se cair, em gotas cristalinas, sobre seu corpo
e escorrer lentamente por suas pétalas.

A lua, que tudo observa,
intensifica sua luz prateada
na intenção de perpetuar este amor.
No amanhecer, os raios de sol que iniciam o dia,
findam o namoro dos amantes.

A rosa, aguardará por seu amante,
que retornará em outras noites.
Mas um dia, ela, murchará,
perderá seu perfume.
Dela, somente as sementes
e o amor de seu eterno amante restarão.

O amante fiel voltará a procura de sua rosa.
Sem encontrá-la cairá ao chão,
ali padecerá em saudades,
alimentando os filhos do amor.

Neste jardim, filhas deste amor,
outras rosas nascerão.
Assim, em noites frias de luar,
pode-se presenciar a eternidade do amor
do orvalho com a rosa,
como um desejo da lua.